My life in English

Aiming to be a Canadian citizen.

Vamos aprender a programar em C/C++? Lição 01: O que é um computador e suas particularidades.

Posted by fabianovasconcelos on 27 de February de 2009

Ok, galera.

Aos menos atentos, notem que alguns termos são um link para páginas externas. Clique neles, se necessitar de alguma informação complementar a respeito.

Tá desnorteado? Ariado? Sem rumo? Pois você veio parar num curso on line de C/C++! Clica aqui pra ver o índice!

Antes de eu falar de algorítmos, como eu tinha dito anteriormente no outro post, eu preciso falar algumas coisas básicas. Pode até parecer besteira, mas, você já se fez a seguinte pergunta: “O que é um computador”? Isso é muito importante pra quem vai aprender programação. Eu imagino que cada um deve ter a sua definição, mas nós precisamos ter em mente que a resposta que nós precisamos para essa pergunta, para entender sobre programação, seja ela C, C++, Basic, Fortran ou os cambal, é:

  • O que é computador?

É qualquer dispositivo capaz de receber parâmetros (dados), processá-los e retorná-los.

Exp: Um termômetro, uma máquina de refrigerante, uma torneira, uma TV, um ábaco, o cérebro humano. Se você coloca um termômetro no sovaco de um sujeito, afim de medir a sua temperatura, o calor do corpo do moribundo é o dado necessário para que o processador (coluna de mercúrio) se mova e você consiga ler, na escala, a temperatura dada em graus (dado procesado e retornado).

Pense numa máquina de refrigerante. Se você enfiar uma cédula (verdadeira, não as do tipo que o seu vizinho faz no quintal), do valor predefinido pela máquina, aquela cédula vai ser interpretada como um dado, processada e retornará um refri bem gelado e quem sabe um troco. Não, não existe máquina de cachaça nem de cerveja. Diante mão eu vou avisando pra não postarem essa dúvida aqui.

Protótipo de uma máquina de cachaça. Ainda não patenteado.

Protótipo de uma máquina de cachaça. Ainda não patenteado.

Agora pensem, por vocês mesmos, porque seria uma torneira um computador, uma TV, o cérebro humano, etc.

Chega de exemplos. Se não entendeu até agora, não entende mais. Mas de qualquer forma, postem a dúvida, se tiverem. Eu tenho paciência. 😀

Tipos de computadores: digitais e analógicos. Analógicos, são esses dos exemplos que eu citei, onde você tem que analisar, como no caso do termômetro. Computadores digitais, são esses que você usa todos os dias para acesar o Orkut, o site da novela dos mutantes, a página da Hello Kitty, jogar em vez de estudar, ficar nu(a) na web cam pra um(a) estranho(a) que você nunca viu na vida e todas essas facilidades que a vida moderna nos proporciona.
Detalhe: se alguma se habilitar a fazer isso pra mim, não se acanhe, me adicione no MSN! 😀

  • Como se dá a estrutura de um computador digital?

Unidade de entrada: traduz os parâmetros entrados, por uma gama de dispositivos de entrada (teclado, mouse, microfone, scanner, etc.), para uma linguagem que o processador possa entender (a chamada linguagem de máquina).
Memória: armazena não só os dados que você constrói (arquivos), mas também os programas que irão manipular estes dados. Os principais tipos de memória são: memória RAM, HD, Pen Drive, CD, DVD, etc.
Unidade lógica e aritmética: Nesta unidade são feitos todos os cálculos aritméticos e qualquer manipulação de dados, sejam eles aritméticos ou não.
Unidade de saída: Os dados processados são direcionados para uma unidade de saída (monitor, impressora, caixa de som, etc.)

  • O que é memória RAM?

É a memória de aluguel do computador. Uma memória que só aloca informações enquanto o computador estiver ligado. Após o desligamento, todo o conteúdo da memória se perde. Este tipo de memória é de alta velocidade e qualquer programa executado, bem como os dados entrados no seu computador que ainda não estão salvos, como uma carta que está sendo trabalhada no seu processador de textos preferido, estão nela alocados nela.

  • Onde fica armazenado o programa e os dados enquanto o computador está desligado?

Em dispositivos de memória fixos, do tipo hard disks (discos rígidos), disquetes (esse já morreu e já foi tarde), pen drives, CDs, DVDs, ZIP’s (esse durou pouco), etc.

  • O que é BIT?

É a menor unidade de informação eletrônica existente. Corresponde a um pulso elétrico ou a ausência deste pulso (sistema binário ou código binário). A sigla quer dizer BInary digiT.

  • O que é um Byte? Quais os seus múltiplos?

Um byte representa um conjunto determinado de bits. Isso varia de processador para processador. No caso, trabalhamos diariamente com processadores INTEL ou AMD, e a arquitetura de ambos adota o padrão 1 byte = 8 bits. Um byte e a menor unidade de informação que se pode representar. Um byte pode representar, por exemplo, um caractere.

Os múltiplos do byte são:

1 Kilobyte = 1024 bytes
1 Megabyte = 1024 kilobytes
1 Gigabyte = 1024 megabytes
1 Terabyte = 1024 gigabytes

  • O que é código binário ou sistema binário?

Com certeza você já deve ter percebido que o sistema numérico que usamos no mundo real é o sistema decimal, ou seja, os números são organizados de dez em dez. Quando você começa a contar partindo do zero, ao final da contagem, quando chegar ao dez, você entrará num novo ciclo, chegando ao vinte, ao trinta e assim por diante. Alguns países usam outros sistemas que não sejam o decimal, mas a grande maioria usa mesmo este. Em computadores é diferente. Os processadores usam o sistema binário ou código binário (agrupados de dois em dois). Vejamos um exemplo de como um caractere pode ser representado.

01001010 : Esta sequência de bits forma um byte. O número de combinações possíveis entre esses algarismos forma 256 bytes diferentes. Tomando como exemplo, novamente, os caracteres, cada caractere que inserimos no teclado é representado por um byte diferente. Estes caracteres e seu conjunto de bits associados estão numa tabela chamada TABELA ASCII. A sequência de 8 bits (um byte) mostrada neste exemplo, representa um caractere qualquer, que no caso poderia ser um A, um a, um £, um x, um 7, um { ou qualquer outro caractere.

  • Como se dá o funcionamento do processador?

O processador é o cérebro do computador. É ele quem processa as informações que são entradas por você. A grosso modo, só pra efeito de entendimento, possui pinos de entrada de dados e pinos de saída. Pode-se dizer que, temos 8 pinos de entrada e oito pinos de saída. A ausência de impulso elétrico, em determinado instante, representa 0 e a presença representa 1. Se no primeiro pino, no momento x, temos ausência de impulso, no segundo também, no terceiro presença de impulso, no quarto ausência, no quinto presença, no sexto presença, no sétimo ausência e no oitavo presença, o byte entrado naquele momento x será 00101101 e sabe Deus que caractere na tabela ASCII isto representa (clique aqui para consultar a tabela ASCII). Um detalhe: os bytes não servem só pra formar caracteres. Eles podem, dependendo do que você esteja trabalhando, representar outras coisas, como, um ponto na tela, a cor de uma determinada área delimitada num desenho, uma nota em um arquivo MIDI, etc. A idéia do caractere é só pra facilitar a representação do byte, visto que o byte é a menor unidade eletrônica representável.
Voltando ao funcionamento do processador, os processadores podem ser de 8 bits (os antigos, estes não são mais comercializados para PCs), de 16 bits, de 32 bits, de 64 bits, e não tem limites. Isto significa que estes podem entrar e processar 1 byte, 2 bytes de uma vez, 4 bytes de uma vez, 8 bytes de uma vez, respectivamente. Tudo isto numa velocidade altíssima.

Galerinha, espero ter sido claro. Vou mais uma vez reforçar: teve dúvidas, poste!
Outra coisa que quero deixar bem claro: este texto é de minha autoria. Não copiei de nenhum livro. Se alguém quiser reproduzir para o seu site, fique à vontade, desde que não esqueça de citar a fonte. Não tente comercializar esse texto. Ele não está à venda. É de graça e para ser distribuido de graça.

Bem, entendida essa parte, agora sim, vamos começar a falar de algorítimos no próximo post!

Grande abraço a todos! 😀


Existem três frases que vão levar sua vida adiante: “Não diga que fui eu”, “Já estava assim quando cheguei” e “Oh! Que boa idéia, chefe!”.
(Homer Simpson)


Copyright 2009 (C) Fabiano Bezerra de Vasconcelos – Todos os direitos reservados.

Advertisements

7 Responses to “Vamos aprender a programar em C/C++? Lição 01: O que é um computador e suas particularidades.”

  1. noped said

    Ei, se precisar de ajuda eu posso fazer o sistema operacional embebed (ado) pra essa maquina de cachaca 😀

  2. fabianovasconcelos said

    Huauahuahuahuahha…
    Bem que precisaria de um mesmo! O difícil seria criar um Firmware pra ele!!!

  3. allan said

    Mais melhor de bom!!

  4. […] 127). O que significa isso? Significa que esse tipo pode abarcar 256 caracteres diferentes. Eu já toquei nesse assunto aqui anteriormente. Falei também na tabela ASCII. Refrescando: a tabela ASCII é uma tabela de caracteres em que cada […]

  5. Kevin said

    To gostando muito do site… Eu sempre procurei apostilas por aí.. Acho que esse é omelhor =D

  6. Henrique said

    Eu vi falar que em 2000, um rapaz da Noruega, que na época tinha 15 anos, VEJA BEM, 15 ANOS, escreveu um programa em C ou C++ que conseguiu QUEBRAR A ENCRIPTAÇÃO CSS DE DVD, PERMITINDO CÓPIAS PERFEITAS. O nome deste programa é DeCSS… COISAS DE PORTADOR DE ALTAS HABILIDADES (SUPERDOTADOS)!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: